5 de janeiro

Sorria pra vida com Nicoli Mazzarolo

A curitibana que adotou o Recife como lar e encontrou alegria e saúde nas praias do nordeste.

Estilo de vida: feliz | Foto:  Gleison Renan Inacio / Divulgação Portofit Moda Fitness

Estilo de vida: feliz | Foto: Gleison Renan Inacio / Divulgação Portofit Moda Fitness

Nicoli Mazzarolo é uma fotógrafa curitibana que viu sua vida dar um salto quando elegeu Recife como lar. Conheça a incrível história dessa jornalista, pós graduada em Cinema pela PUC do Paraná, que saiu do sedentarismo para uma vida cheia de energia e felicidade.

Como iniciou seu amor pelo esporte?

Em Curitiba, eu jogava vôlei no time do colégio. Sempre fui muito ativa e apaixonada por esportes. Quando eu entrei na faculdade, comecei a trabalhar e não tive mais tempo para me exercitar. Nessa época, comprei minha motocicleta e aí sim me tornei muito sedentária. Não me deslocava a pé pra nada! Em 3 anos, ganhei muitos quilos. Saí do número 36 eterno para o 40/42. Quando caí na real, já era um pouco tarde. Fiz alguns exames de sangue e descobri que estava com hipotireoidismo.

Nesse período, meu esposo foi transferido para Recife e larguei minha profissão e tudo mais para segui-lo. Quando cheguei aqui no Recife, percebi que as pessoas se exercitavam mais. A orla é convidativa. Não tem muita desculpa, é só colocar um tênis no fim da tarde e dar uma corridinha. Então, comecei a caminhar e, em pouco tempo, estava correndo na orla diariamente. Foi então que conheci uma amiga que morava aqui e vivia a mesma situação, já tinha tido problemas graves de saúde e estava frequentando regularmente a academia para ter um aumento na qualidade de vida. Comecei a ir com ela para a academia e, desde então, 3 anos se passaram, ela já está morando em outro estado e eu estou aqui no Recife, treinando todos os dias.

O calor é motivador, em Curitiba, com 10 graus a noite (a média de temperatura noturna, quase o ano todo) você não tem ânimo nem disposição para treinar. Agora aqui, não importa a hora, você sempre se mantém ativo. Não tem desculpa. Em menos de 6 meses, não precisei tomar mais a medicação de hipotireoidismo. Há pouco tempo, os meus objetivos mudaram. Passei a ter a musculação como um hobby. Não me vejo mais sem essa prática diária. Há 1 ano, formei uma equipe (um preparador físico mais uma nutricionista) para me prepararem para o campeonato de fisiculturismo. Estou muito feliz com os resultados.

Nesse tempo entre o sedentarismo e a minha vida de atleta, muita coisa mudou. Minha disposição, sono, humor, criatividade, enfim, tudo melhorou. Me sinto renovada, uma nova pessoa. Sai dos meus 33% de gordura corporal para o tão sonhado 10%. Agora estou me preparando para a agenda da IFBB 2015. Quero estrear nos palcos.

E onde o FoamRoller entra nessa história? Sempre. O meu intimo “Foam” passou a ser meu melhor amigo… ele faz milagres, me prepara para os treinos do dia e depois dos treinos me recupera para os treinos do dia seguinte. 

Quais os treinos ao ar livre que você mais gosta de praticar?

Gosto de correr na orla, praticar treinamentos funcionais na areia e praticar yoga na praia no fim da tarde ou inicio da manhã. 

Treinar na praia é mais agradável?

Gostou muito do clima de praia. Todo mundo sempre animado, muitas pessoas em uma vibração boa. Enfim, me sinto privilegiada por estar perto desta atmosfera. Hoje não consigo me ver morando longe da praia no frio.

Quais frutas no nordeste que você mais gosta?

Gosto de caju, pinha, açaí (que é do norte mas tem muito aqui)… Mas sem dúvidas as frutas aqui no nordeste tem um sabor diferente do sul e sudeste. Elas são mais doces e suculentas. O abacaxi daqui, parece abacaxi em calda, uma delícia. No entanto, percebo que as frutas são mais caras, principalmente se quiser qualidade no produto.

Em que situações você costuma utilizar o Foam Roller?

Meu treinador me aconselhou a usar 20 min antes dos treinos e depois dos treinos. Como treino 6 vezes por semana o Foam Roller virou meu melhor amigo.

Quais os benefícios que você identificou através do uso do Foam Roller?

Sinto a liberação do músculo mesmo. Sinto dores conforme eu vou usando mas na seqüência um alívio incondicional. Como se eu tivesse saído de uma sessão de massagem.

Quer deixar um recado pra galera que precisa daquele incentivo a mais para treinar do jeito que gostaria?

Nunca é tarde para iniciar uma vida saudável. Vamos pesar mais na nossa velhice e cuidar preventivamente do nosso corpo. Nosso corpo é como um veículo. Quando compramos um carro novo, por exemplo, queremos cuidar, lavar, deixar lustradinho, abastecer com a melhor gasolina, colocar os melhores óleos, enfim, cuidar para que o bem não se deprecie. Com nosso corpo também. Porque não optar por uma dieta saudável sem intoxicar nosso corpo, treinamentos para fortalecimento do corpo e uma dose de meditação e auto controle para não explodirmos de estresse com essa vida que é só corre corre e trânsito o dia todo? Aprender a acordar de manhã, se olhar de verdade no espelho e ser dar bom dia. Viver um dia de cada vez. O mundo anda muito afobado!

Prontos para mais um dia de treinos

Prontos para mais um dia de treinos

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
banner, Matérias

Comentar

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *