10 de março

Felipe Mattos e a disciplina do fisiculturismo

Conheça a grande promessa brasileira e sua rotina de treinos.

Dedicação de gigante | Foto: Arquivo Pessoal

Dedicação gigantesca | Foto: Arquivo Pessoal

Oriundo da Grécia antiga, o fisiculturismo ganhou alcance no mundo moderno através da figura lendária de Arnold Schwarzenegger. O esporte em si é muito mais complexo do que se imagina, baseado em três pilares: treino, dieta e descanso. A dieta de um fisiculturista deve ser seguida à risca, 24h por dia, 7 dias por semana. Os treinos são muito pesados e as dores musculares uma constante. O descanso parece ser a parte mais fácil, mas e se você é um jovem de apenas 22 anos, irá se privar de sair a noite com os amigos? Sim! É por isso, e outros motivos que Felipe Mattos é a grande promessa brasileira do esporte.

Se engana quem pensa que esses atletas passam todo tempo na academia. O período de treinos dura, em média, uma hora e meia por dia. O restante é dedicado a alimentação e ao repouso, essenciais e tão importantes quanto a atividade física em si. Sequer aos domingos há espaço para guloseimas. “Em um dia você pode perder o esforço da semana inteira”, garante Felipe. Outra curiosidade é a forma com que o corpo é trabalhado na academia. “Faço apenas um músculo por dia”, afirma ele, referindo-se a carga de exercício que pratica. A restrição alimentar chama atenção pela complexidade, nem mesmo a variedade deve ser muito ampla. “Minha dieta pra competição é bem restrita, apenas cinco alimentos diferentes, algum deles são: frango, arroz branco, aveia e clara de ovo.”

Com o objetivo de ser campeão brasileiro na categoria júnior, Felipe não abre mão do seu Foam Roller. “Uso o Foam Roller em todos os músculos, principalmente quadríceps. Ele auxilia em uma melhor recuperação muscular, maior fluxo sanguíneo local e melhora as contrações durante o treino”, revela. Por fim, o jovem campeão manda seu recado: “A mensagem que gostaria de deixar é para que nunca desistam de seus sonhos, por mais difícil que ele seja!”

No pain no gain | Foto: Arquivo Pessoal

No pain no gain | Foto: Arquivo Pessoal

Quer saber mais sobre o trabalho e a disciplina de Felipe Mattos? Acesse a página dele no Face e Instagram.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
banner, Matérias

Comentar

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *