7 de agosto

Dia dos Pais com Carlos Burle

Bicampeão mundial de ondas gigantes comenta sua relação com os filhos

Carlos Burle é bicampeão mundial de ondas gigantes, acostumado a novos desafios e momentos cheios de riscos e adrenalina. Mas quando o assunto é família, como será que ele encara essa aventura? Afinal, quando você se torna pai, a vida se transforma em diferentes aspectos. Amadurecimento, pensamentos, objetivos, enfim, a rotina precisa se moldar ao novo estilo. Ainda mais se o pai é surfista de ondas grandes. Aí é melhor pensar duas vezes antes de pegar as maiores do planeta. Ou será que não? Embarque nessa entrevista com a gente, que o próprio Burle irá lhe contar todos os detalhes sobre ser pai e big rider.

Se tornar pai nos dias de hoje é tarefa mais difícil do que dropar ondas gigantes?

Com certeza! Pois as ondas passam rápido e um filho é para sempre.

Surfistas também são viajantes. Como é para você conciliar sua rotina de atleta profissional com a de pai?

É preciso entender que em muitas datas importantes não vamos poder estar juntos. A família tem que compreender que é preciso se dedicar bastante.

Você é um amante das ondas gigantes, está sempre buscando as maiores ondulações do planeta. Ter se tornado pai influenciou de alguma forma as suas atitudes como surfista?

Claro, pois você tem uma responsabilidade a mais, mas ser pai também traz muita sorte. Eu, por exemplo, fui campeão mundial 2 vezes, no mesmo ano em que meus filhos nasceram.

Você já passou algum apuro no mar que tenha mudado sua visão de vida, seu modo de “ser pai, marido”?

Já passei por circunstâncias de muito desconforto, tipo estar surfando no Alaska e pensar: “O que eu estou fazendo aqui? Podia estar quentinho em casa com meus filhos e esposa”.

Vemos o Carlos Burle como um cara que ama e respeita a natureza. De que maneira o seu estilo de vida influencia na criação dos seus filhos?

Através dos exemplos, dos valores, por toda essa troca de energia.

O que ser pai representa para você?

É uma oportunidade única na vida.

Gostaria de deixar uma mensagem para os pais que gostariam de levar uma vida mais próxima e saudável aos seus filhos, mas acreditam que lhes falta tempo pra isso?

Não sinta-se culpado se não puder estar todos os dias com o seu filho, mas quando estiver com ele, esteja de verdade, pois é um momento único que não voltará. A criação de um filho se faz em uma vida e não em um dia. Então aproveite para criar uma cumplicidade com ele.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
banner, Matérias

Comentar

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *