1 de abril

Bruno Castro | Bahia Kettlebell

Tradição milenar a serviço da sua saúde

Visionário | Foto: Arquivo Pessoal

Visionário | Foto: Arquivo Pessoal

Bruno Castro é professor de educação física, mestrando em treinamento físico e possui certificado da StrongFirst, uma das melhores escolas em treinamento de força no mundo. Conversamos com ele para saber mais sobre sua paixão pelo kettlebell, a história da modalidade e seu envolvimento com essa ferramenta milenar.

Poderia nos contar um pouco da história do kettlebell desde seus primórdios?
Arquivos arqueológicos mostram a utilização desta bola de ferro fundido com uma alça desde a Grécia antiga. Na Rússia, conhecido como Girya, começou sendo utilizado como contra-peso nas balanças das feiras livres, mas logo serviu como objeto de demonstração de força à medida que os feirantes, com a ajuda de um movimento de swing, lançavam ou empurravam a Girya acima da cabeça. O kettlebell passou a ser utilizado em apresentações de circo e como ferramenta de treinamento físico pelos atletas e pelas forças armadas especiais soviéticas. A popularização do kettlebell na Rússia era tamanha que toda pessoa forte ou levantador de peso era conhecido como girevik, ou kettlebell-man. Até os dias de hoje as forças armadas russas são testadas fisicamente através de exercícios com kettlebell, e o governo do país recomenda sua prática como forma de aumentar a produtividade dos trabalhadores e diminuir os custos com a saúde pública. Apenas em 1998, através de um artigo do russo Pavel Tsatsouline, publicado em uma revista de fitness americana, o ocidente conheceu o kettlebell. O primeiro curso de formação para instrutores de kettlebell nos Estados Unidos aconteceu em 2001 e neste mesmo ano começou a fabricação local da ferramenta. Atualmente, o StrongFirst, conhecida como uma das melhores escolas em treinamento de força no mundo e comandada por Tsatsouline, é a maior responsável pela disseminação do treinamento com kettlebell nas Américas e na Europa.

Como nasceu o seu interesse pelo kettlebell?
Conheci o kettlebell pela internet e, com mais dois amigos, fomos ver uma pessoa que já praticava um dos exercícios com a ferramenta, o swing. Daí em diante, o interesse só aumentou e as pesquisas continuaram. Adquirimos alguns kettlebells e começamos a práticar. O kettlebell se enquadrava perfeitamente na filosofia que eu utilizava no studio há aproximadamente 4 anos, treinamento de movimento e força. Após mais de um ano praticando e estudando, começamos a incluir no treinamento dos alunos. Deste então, me certifiquei pela escola de treinamento de força StrongFirst e ingressei no Mestrado com o objetivo de desenvolver pesquisas com esta ferramenta.

E o Bahia Kettlebell, como foi seu início?
Em 2003, concluí o curso de Educação Física e viajei para uma temporada de estudos em Londres, onde trabalhei com uma equipe de treinadores especializados em treinamento funcional. Ao retornar para o Brasil, em janeiro de 2004, inaugurei o primeiro studio com essa filosofia de treinamento. As pessoas chegavam para visitar o studio e não encontravam nenhum equipamento, apenas dumbells. A única forma de apresentar meu trabalho era oferecendo aula experimental. Prática que utilizamos até hoje. E a aceitação foi muito positiva. Provavelmente somos um dos studios pioneiros em treinamento funcional no Brasil.

Quais você considera as principais vantagens do kettlebell para seus praticantes?
A grande vantagem é a possibilidade de desenvolver diversas capacidades físicas como força, potência, condicionamento cardiorrespiratório e flexibilidade de forma simultânea. Outra vantagem é que todos os exercícios com kettlebell são pensados em movimentos, envolvendo praticamente todo o corpo. É necessário mobilidade, estabilidade e controle motor. E sobre isso tudo, força! Não posso deixar de citar a praticidade e versatilidade. Com uma única peça, praticamente indestrutível e de custo muito baixo, o aluno pode ter todos estes benefícios em qualquer lugar. É uma academia completa na mão.

Como está a adesão do público nos últimos anos, tem aumentado muito?
A adesão à prática regular de atividade física só tende a aumentar. As pessoas buscam algo eficiente para seus objetivos e ao mesmo tempo prazeroso. O kettlebell entrega isso, aumento da força, altíssimo consumo energético e treinos dinâmicos. Através dos nossos cursos de capacitação em treinamento com kettlebell, percebemos também o aumento do interesse por parte dos profissionais de educação física. Certamente, quanto mais profissionais capacitados a utilizar essa ferramenta, mais praticantes teremos.

Como você descreveria, de forma geral, o perfil dos praticantes da Bahia Kettlebell?
Temos, basicamente, dois grandes grupos de alunos. Aqueles que já passaram por diversas academias e tipos de treinamentos e aqueles alunos que nunca fizeram atividade física regular, nunca entraram numa academia ou, se matricularam e foram uma ou duas vezes. Os primeiros relatam que encontraram no Bahia Kettlebell uma forma mais eficiente de treinamento para atingir seus objetivos. Os sedentários afirmam que no Bahia Kettlebell conseguem ir de forma regular por ser um ambiente agradável e consideram o treinamento dinâmico, intenso e adaptado para seu nível de condicionamento. Os alunos do Bahia Kettlebell continuam com os objetivos gerais de emagrecer ou hipertrofiar, mas buscam isso de forma mais saudável. Enxergam a importância de treinar o movimento, corrigir certas limitações ou assimetrias e aumentar a força.

Em relação ao Foam Roller Brasil, quais os benefícios que você tem observado em seus alunos?
Ensinamos a utilização do Foam Roller desde a primeira sessão e dedicamos 5 a 10 minutos iniciais para que o aluno faça a auto-liberação miofascial. Dores articulares ou desconfortos musculares, que muitas vezes são limitantes para a prática de alguma atividade, podem ser solucionados utilizando o Foam Roller. Dois exemplos clássicos: frequentemente presenciamos dores de joelho que simplesmente desaparecem com a utilização do Foam Roller no quadríceps, adutores e banda iliotibial; ou desconforto na região da coluna torácica que cessam após alguns minutos de Foam Roller nos músculos paravertebrais. Tantos benefícios a um custo tão baixo fazem do Foam Roller uma peça fundamental na preparação para o movimentos dos nossos alunos.

Como foi a recepção dos alunos ao método ALM Foam Roller Brasil?
É notória a satisfação do aluno após a utilização do Foam Roller. Até hoje ficam surpresos com o alívio após poucos minutos.

Quais os próximos cursos que você ministrará?
Estou nos Estados Unidos participando como assistente na certificação em kettlebell pelo StrongFirst e retornando ao Brasil teremos curso de kettlebell básico nos dias 11, 18 e 25 de abril em Aracajú, Salvador e Paripiranga, respectivamente. Do dia 30 de abril à 03 de maio, em parceria com a Academia BPró Treinamento Físico Funcional, receberemos pela primeira vez no Brasil o Master Trainer do StrongFirst, Fabio Zonin. Serão dois workshops, em São Paulo e em Porto Alegre.

Gostaria de deixar algum recado pro pessoal que está interessado em iniciar no kettlebell mas ainda não deu o primeiro passo?
Sigam em frente, não vão se arrepender. Pode ser o seu caminho mais eficiente para aumento de força, hipertrofia, condicionamento cardiorrespiratório e emagrecimento. Procurem um profissional certificado.

Clique e saiba mais sobre o Bahia Kettlebell

Clique e saiba mais sobre o Bahia Kettlebell

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
banner, Matérias

Comentar

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *